Bolsa Família Tem Direito ao Décimo Terceiro?

O Bolsa Família é um programa de transferência de renda destinado a oferecer auxilio financeiro para família que se encontram em situação de pobreza ou de extrema pobreza. Quem tem intenção de se utilizar do benefício e até mesmo as famílias que já são beneficiadas, geralmente, têm muitas dúvidas quanto ao programa. Afinal, quem recebe o auxílio tem direito ao décimo terceiro salário?

Para entender melhor como funciona o Bolsa família, leia as informações abaixo e confira tudo que você precisa saber sobre o programa:

Como funciona o Bolsa Família?

O Bolsa família é um auxílio concedido a famílias que se encontram em situação de pobreza, a fim de garantir subsídio para necessidades básicas como: alimentação base, vestimenta, transporte e saúde.

O valor base é de R$85,00, mas vale lembrar que a cifra pode ser alterada de ano para ano, principalmente se houver aumento do salário mínimo. Para garantir a exatidão do recebimento para os próximos meses, vale a pena conferir o valor Bolsa Família 2019.

É acrescentado ao valor base, um acréscimo de R$38,00 ou R$45,00 dependendo d quantidade de crianças e adolescentes dependentes da família. Para consultar mais informações e datas de recebimento, os interessados devem consultar o calendário Bolsa Família.

O beneficiado tem direito ao décimo terceiro?

O décimo terceiro salário é um beneficiado destinado aos trabalhadores brasileiros que exercem suas funções por intermédio da carteira assinada, ou seja, não é correto afirmar que as família cadastradas no Bolsa Família podem realizar este saque.

Isto porque, benefícios assistenciais são considerados auxílios e não um salário mensal para os dependentes, pois não são contribuintes da Previdência Social. O Bolsa família é um programa de transferência de renda e não tem nenhum vínculo empregatício com os envolvidos.

Mas em contrapartida a este fato, vale lembrar que em algumas regiões os beneficiados do programa recebem o Abono Natalino, que seria uma renda extra no final do ano. A inciativa não parte do Governo Federal, e sim do Estado, portanto não é uma regra nacional.

Como se cadastrar no programa?

Para ser um beneficiado do Bolsa família, é necessário, em primeiro lugar, realizar o seu cadastro no Cadúnico. Depois, é preciso se dirigir a o CRAS da sua região e apresentar a sua documentação.

Será necessário a avaliação de uma assistente social para verificar se a família se encontra de acordo com os requisitos do programa. Se for comprovada a necessidade do auxílio, o beneficiado terá direito a sacar mensalmente o valor disponibilizado.

Como Usar o FGTS para Diminuir a Dívida do Financiamento Imobiliário

Você sabe como usar o FGTS para diminuir a dívida do Financiamento Imobiliário? Muitas pessoas sabem que essa possibilidade existe, porém poucos sabem como realizar esse processo, confira então como usar o FGTS para diminuir a dívida do seu financiamento.

O que é FGTS

FGTS é a sigla utilizada para definir o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, um depósito mensal, referente a um percentual de 8% do salário do empregado, que o empregador fica obrigado a depositar em uma conta bancária no nome do empregado na Caixa Econômica Federal.

O valor acumulado com o deposito FGTS pode ser aplicado em sua divida do financiamento imobiliário, e a seguir veremos  como!

Como usar o FGTS para diminuir a dívida do Financiamento Imobiliário

Para aplicar o saldo do seu FGTS no seu financiamento imobiliário é preciso que haja recolhimento, há pelo menos 3 anos, das parcelas do FGTS, na mesma empresa ou em empresas diferentes.

Outro critério para utilizar o FGTS na dívida do Financiamento Imobiliário é que o seu financiamento tenha sido realizado pelo Sistema Financeiro Habitacional (SFH).

Existem 2 maneiras de abater o seu FGTS no valor do seu financiamento, veja:

  • Usar o saldo do FGTS para reduzir o valor das sua prestações, neste caso, o saldo do fundo é dividido em 12 parcelas e o resultado é o que poderá ser reduzido de cada uma das prestação, lembrando que esse abatimento não pode ultrapassar 80% do valor da sua parcela.
  • É possível abater o seu saldo do FGTS do saldo devedor em formato de amortização, que pode ser realizada de dois em dois anos. Esse tipo de amortização vale para imóveis financiados pelo SFH, ou seja,com valores de até R$ 800 mil. Vale lembrar que esse tipo de transação pode ser realizada a partir do segundo ano de pagamento do seu financiamento imobiliário.

Condições de utilização do FGTS

Existem algumas condições básicas que precisam ser atendidas para que o uso do FGTS seja aceito, confira:

Para o comprador

  • Não possuir nenhum financiamento ativo no sistema financeiro de habitação;
  • Ter no mínimo 3 anos de trabalho sob o regime do FGTS;
  • Não possuir nenhum outro imóvel residencial urbano, mesmo que seja apenas em construção, no município em que vive e nem nos municípios próximos onde vive;
  • Estar com as prestações do seu financiamento em dia;
  • Deverá ser o titular no financiamento em que pretende abater ou quitar o financiamento

Para o imóvel

  • O valor deverá ser de R$ 950.000,00 para MG, RJ, DF e SP e nos demais estados, no valor de R$ 800.000,00;
  • Ser residencial urbano;
  • Estar matriculado no RI competente;
  • Ser destinado a moradia do titular
  • Ser proprietário do terreno em construção, se for o caso.

Fonte: http://xn--cartocidado-c8ag.com/extrato-fgts-2019/ 

Como se preparar para uma viagem longa de carro

Você é do tipo aventureiro e uma viagem de avião não satisfaz seus desejos de aventura? Ou quem sabe você queira deixar de lado as chateações de aeroportos e rodoviárias na próxima viagem para fazer uma viagem de carro?

Mas para fazer uma viagem de carro não é preciso somente ter um espírito de aventura e liberdade, é necessário seguir alguns passos importantes para que nada dê errado na hora de pegar a estrada.

Então prepara o possante e fica ligado nas dicas que daremos de como se preparar para uma viagem longa sob quatro rodas.

Faça uma lista

Essa é a primeira dica para quem vai fazer uma viagem, seja ela de carro, avião ou ônibus. Fazer uma lista com tudo o que você precisará é fundamental para manter tudo organizado e não esquecer de nada.

Você pode dividir a lista em duas: na primeira você lista o que colocará na mala, desde a escova de dente até os sapatos. Já na outra você pode colocar o que você precisa fazer antes da viagem. Isso te ajudará a não ficar tão estressado com os preparativos e te dá mais segurança de que tudo dará certo.

Calcule os possíveis gastos

Para que a viagem de carro não saia do controle no seu orçamento é importante que bem antes você calcule todos os possíveis gastos que irá ter durante o percurso. Colocar no papel quanto irá gastar com gasolina, pedágio e, se for fazer alguma parada, esteja ciente do quanto poderá gastar.

Revise o veículo

É imprescindível fazer uma revisão no carro que vai percorrer essa jornada com você para que nada dê errado na estrada. Vale levar o carro em uma oficina de confiança para fazer um “checkup” e conferir se os freios, pneus e lanternas, por exemplo, estão em bom estado. Confira o nível do óleo e da água antes de partir.

Prepare as malas

Alguns dias antes da viagem é importante que você comece a fazer as malas, para que não esqueça de nada. Confira o clima do seu destino e coloque roupas apropriadas nas bolsas. Fazer a mala dias antes pode te ajudar a ganhar tempo para pensar em coisas para adicionar ou remover e evita o estresse na hora de sair.

Outra boa dica é preparar uma mala de mão onde você pode colocar itens que precise durante o percurso, como por exemplo, aparelhos eletrônicos carregados (games, mp3, notebooks) e lanches não perecíveis (barras de cereal, biscoitos e salgadinhos). Se você tiver um cooler vale levar diferentes tipos de bebidas, mas a água é fundamental.

Pegue a estrada

Por fim, depois de ter preparado tudo com antecedência, é verificar tudo uma última vez antes de sair. Confirme se todos os passageiros e o motorista usaram o banheiro, confira que você tem dinheiro suficiente na carteira para gasolina e para imprevistos e de que nada foi deixado na casa. Agora é só pegar a estrada e curtir a paisagem.

10 melhores Destinos Praianos no Brasil

Que o Brasil é um País cheio de riquezas não é novidade para ninguém e, sem dúvida alguma, é dono das praias mais bonitas do mundo, com um litoral com mais de 7 mil quilômetros de paisagens paradisíacas.

Mesmo com tanta variedade de praias do Brasil, existe um destino certo para cada perfil de viajante, onde é possível desfrutar de águas nos mais diversos tons de verdes e azuis.

Seja para tomar sol, caminhar, se refrescar no mar ou fazer esportes, ir para a praia é sempre muito prazeroso para descansar e recarregar as baterias. Por isso, separamos os 10 melhores destinos praianos brasileiros para quem está desejando mergulhar em águas salgadas. Confira:

Fernando de Noronha – PE

É óbvio que a ilha de Fernando de Noronha, em Pernambuco, tinha que ser o primeiro destino praiano da nossa lista, pois é lá que estão localizadas as mais belas praias do Brasil e do mundo.

A Baía do Sancho, em Noronha, com águas cristalinas e falésias cobertas por vegetação, Sancho é um dos grandes e mais famosos pontos de mergulho do país e já ganhou o título de melhor praia do mundo. Sem falar na praia Cacimba do Padre, que está localizada junto ao morro Dois Irmãos. Tudo incrível.

Praia dos Castelhanos, Ilhabela – SP

Muito buscado pelos moradores do estado de São Paulo, a Praia de castelhanos tem aproximadamente 1.500 metros de extensão, muito bem explorados por surfistas e por amantes da canoagem. Para ter acesso, é preciso encarar uma estrada de 22 quilômetros, que corta a Ilha, com a incrível paisagem da flora da Mata Atlântica.

Praia do Gunga – AL

Se você pretende fugir da correria do dia a dia e aproveitar um lugar tranquilo para passar o dia curtindo a paisagem, sem se preocupar com o barulho ou a intensa movimentação de veranistas, pode visitar a Praia do Gunga, localizada no município de Barra de São Miguel, a 33 km de Maceió.

Mas para isso, é preciso fazer uma longa caminhada e percorrer sua extensa faixa de areia, ou contratar um passeio de buggy para o lado direito da praia, pois fica mais afastado, onde não há nenhum quiosque ou edifício. Mas no lado esquerdo da praia é possível encontrar infraestrutura completa, responsável por atrair um grande número de visitantes.

Taipu de Fora – BA

Essa praia pouco conhecida pela maioria dos turistas está localizada na Península de Maraú, perto de Itacaré, na Bahia Com piscinas naturais, a praia de Taipu de Fora tem águas claras, os mais variados peixes e praias nas proximidades que são praticamente desertas.

Praia do Cedro, Ubatuda – SP

Uma das praias mais bonitas de Ubatuba, com mar calmo, em tons de azul e verde, forma várias piscinas naturais. Também é uma praia pouco visitada por causa da dificuldade de acesso (40 minutos de trilha a partir da Praia da Fortaleza ou uma hora a partir da Praia Grande do Bonete).

Praia dos Carneiros – PE

Localizada a cerca de 113km de Recife, a Praia dos Carneiros é um paraíso de águas quentes e claras. Nela existe a capela de São Benedito, mais conhecida como a Igrejinha dos Carneiros, e possui um clima sossegado.

Lopes Mendes – RJ

No Rio de Janeiro está localizada a praia de Lopes Mendes, em Ilha Grande. Com águas claras e cercada por Mata Atlântica preservada, fica próximo a Angra dos Reis.

Morro de São Paulo – BA

A Primeira, Segunda e Terceira praias, localizadas lado a lado, em Morro de São Paulo, na Bahia são um prato cheio para quem gosta de praia e sol.

Cacimbinhas – RN

Uma das praias mais bonitas de Pipa, no Rio Grande do Norte, a praia de Cacimbinhas é cercada por falésias, com um visual de tirar o fôlego.

Lagoa do Paraíso – CE

Localizada em Jericoacoara, um dos destinos mais conhecidos do Ceará, a praia Lagoa do Paraíso tem água doce e bem clarinhas, com as famosas redes onde os turistas podem descansar em um dos mais belos cartões postais do Brasil.

Saiba se Você Tem Direito ao Minha Casa Minha Vida!

O programa Minha Casa Minha Vida foi criado no ano de 2009, com o objetivo principal de facilitar a disponibilidade de moradias, principalmente para famílias com renda baixa, por esse motivo há um limite imposto sobre a renda familiar para que alguém seja inserido ou não, neste beneficio.  A maioria dos pessoas que procuram por este programa, são beneficiadas pelo bolsa família

Para ser participante do programa, os candidatos devem está dentro de algumas normas segundo o Governo federal:

  • Não pode ter casa própria, nem financiamento de imóvel em seu nome;
  • Não ter sido beneficiado por nenhum outro programa de habitação social do governo;
  • Pessoas autônomas deverá apresentar o carnê do INSS.
  • Possuir uma renda de até três salários mínimos;
  • Precisa apresentar comprovação de renda com carteira de trabalho e contracheque;

O programa Minha Casa Minha Vida tem algumas mudanças segundo a faixa de renda familiar de cada família.

Quem pode participar do programa: 

famílias com renda de até R$ 1.800,00:

Faixa 1: financiamento de até 120 meses, com prestações mensais que variam de R$ 80,00 a R$ 270,00, conforme a renda bruta familiar

Famílias com renda de até R$ 2.600,00:

Faixa 1,5: imóvel novo com taxas de juros de apenas 5% ao ano e até 30 anos para pagar e subsídios de até 47,5 mil reais;

Nas faixas 2 e 3 você tem até 30 anos para pagar e pode comprar um imóvel novo ou na planta, comprar terreno e construir sua casa

Famílias com renda de até R$ 4.000,00:

Faixa 2: Se sua família tem renda bruta de até R$ 4.000,00, você encaixa e pode ter subsídios de até R$ 29.000,00;

Famílias com renda de até R$ 7.000,00:

Faixa 3: famílias com renda bruta de até R$ 7.000,00​​, a faixa 3 oferece taxas de juros diferenciadas em relação ao mercado.

Como contratar o Projeto Minha Casa Minha Vida

  • Família com renda mensal menor que R$ 1.800,00 é preciso se inscrever na prefeitura da sua cidade ou numa entidade organizadora para iniciar o processo de seleção;
  • As famílias com renda mensal até R$ 7.000,00​​, é preciso entidade organizadora;
  • Após, as famílias selecionadas são avaliadas pela Caixa e serão comunicadas sobre a data do sorteio das unidades;
  • Com a aprovação e validação do cadastro você assina o contrato de financiamento.

Documentos Necessários Para Contratar o Projeto

  • RG (Documento de identidade);
  • CPF (Cadastro Pessoa Física);
  • Ficha de cadastro habitacional;
  • Extrato do seu FGTS atualizado;
  • Imposto de Renda;
  • Certidão de Nascimento ou Casamento;
  • Comprovante de despesas, tais como água, luz, aluguel, escola e telefone.

Contato Caixa

Para tirar outras dúvidas sobre o programa Minha Casa Minha Vida, entre em contato com os atendentes pelo numero que está abaixo 

  • Telefone: 0800 721 6268.

5 cidades do mundo famosas pela boa gastronomia

Talvez todo mundo já saiba, mas é fundamental fazer algumas pesquisas antes de realizar uma viagem.  Para conhecer melhor a cultura local, fazer uma pesquisa na internet sobre os pontos turísticos já é de praxe, mas conhecer um pouco mais sobre a gastronomia local também é imprescindível.

Saber qual os costumes locais, como é o tempero e as características da cozinha de um modo geral, e conhecer um pouco dos ingredientes mais usados é uma forma de fazer com que você conheça muito mais sobre aquele lugar.

Na internet existem muitas fontes de confiança que mostram os melhores restaurantes e pratos típicos. Você também pode pesquisar avaliações e as impressões de visitantes que já estiveram por lá. Pensando nisso, separamos as 5 cidades mais famosas pela boa experiencia de viagem gastronômica. Confira:

Paris, França

Claro que nessa lista não poderia faltar a cidade que é conhecida como a capital mundial da gastronomia: Paris, na França. Com uns dos melhores chefes de cozinha do mundo, a cidade luz combina talento, experiência e produtos de alta qualidade. Os queijos franceses são de dar água na boca.

Mas as especialidades mais famosas da cidade são o Blanquette de veau (ensopado de vitela), o Coq au Vin (prato com preparo à base de carne e vinho tinto), além das iguarias exóticas, tais como o Foie gras (pasta a base de fígado de ganso ou pato), as Cuisses de grenouilles (coxas de rã), o Escargot (caracóis) e o Caviar (ovas de esturjão não fertilizadas, salgadas, de preferência frescas).

Nápoles, Itália

Considerada uma cidade com a culinária simples e sem “frescura”, a pizza é o grande símbolo de Nápoles, na Itália, claro. Com os preços bem acessíveis, a capital mundial da pizza possui ingredientes muitos saborosos.

Como a cidade está localizada ao lado do vulcão Vesúvio, seu solo é extremamente fértil e tudo o que é plantado ali fica ainda mais saboroso. O Spaghetti con le vongole, a pizza Margherita e o Spaghetti alla Puttanesca são pratos famosos da região.

Tóquio, Japão

Como muita gente já conhece a culinária oriental talvez pense que ela é igual à comida servida nos restaurantes japoneses no mundo todo. Mas não, o sabor é bem diferente.

A culinária japonesa tem base em frutos do mar e peixes e a cidade de Tóqui tem restaurantes como um dos principais pontos turísticos da região. Entre as comidas típicas encontradas na cidade estão gyudon, sukiyaki, lamen e claro, o sushi.

Bangkok, Tailândia

A cidade de Bangkok é conhecida como um paraíso gastronômico para os amantes da culinária exótica.  As ruas da cidade são repletas de barracas que servem comidas preparadas na hora.

A gastronomia é, em grande parte, baseada no arroz e na massa. Os sabores também são extremamente picantes, por conta das ervas frescas e do famoso molho de peixe que lhe dá um sabor tão característico. Pratos como tom yum goong, uma sopa picante, e khao mun gai, um frango cozido com arroz são facilmente encontrados na cidade.

Cidade do México

Sem sombra de dúvidas a culinária mexicana é para se comer, primeiramente com os olhos devido a diversidade de cores, mas os sabores e as texturas também são sensacionais. Considerada uma das cidades com a gastronomia mais rica do mundo em termos de proteínas, vitaminas e minerais, os mexicanos utilizam a vegetação local, as especiarias e a carne para transformar seus vários pratos típicos em um verdadeiro mosaico para o paladar.

Com base em três produtos, o milho, o feijão e o chili (um tempero à base de pimenta, cominho, orégano e alho), a culinária da cidade do México possui o Burrito, o Nacho, o Taco e a Guacamole como os principais pratos da região.

Vamos VIAJAR?

Já ficou casando de ficar em casa? Não se preocupe, porque nós do ROAD HOUSE já arrumamos as malas, preparamos as passagens e estamos de volta a essa viagem!

Com uma bela repaginada na equipe e bem revigorados, estamos prontos para embarca novamente nessas aventuras incríveis que vivemos com vocês!

Com novas abordagens, conteúdos com cheirinho de passaporte novo e muita empolgação, estamos de volta para trazer muita diversão e inspirações para quem ama estar na estrada!

Logo mais já estaremos com conteúdos quentinhos! 😀